ERP Grátis, aberto ou livre? Qual o melhor ? [Guia Completo 2018]

Em busca de um ERP Grátis? Neste artigo vamos te ajudar a tomar a decisão sobre o erp gratuito e indicamos também o melhor sistema erp grátis para você assinar !

O que é um sistema de gestão grátis (ERP) ?

O ERP (Enterprise resource planning), ou, em português, o sistema integrado de gestão, é o apanhado de softwares organizados e integrados para o gerenciamento dos fluxos e dados da administração, entradas e saídas de custos, além dos recursos humanos do negócio.

Empresas de grande porte promovem um investimento alto para o procedimento de controle de seus dados, e portanto, apresenta riscos menores em relação a perdas, sendo mais capaz de pareceres relacionados a contas. Um pequeno negócio tem critérios menores e um orçamento mais curto. Entretanto, os fatores necessários também podem crescer.  Dessa forma, existe um ERP gratuito disponibilizado, mas não é, de fato, uma boa escolha para as empresas de qualquer porte.

O mercado de negócios de grande porte é liderado por internacionais enormes como SAP e Oracle, mas existe uma grande diversidade de outros provedores. A Totvs e a Senior, sistemas brasileiros, disponibilizam o atendimento a diversas companhias, de grande e pequeno porte, com resoluções imensas ou mais simples, que podem ter o contrato de modo separado ou em conjunto.

O Conta Azul é uma opção com base em uma estrutura de empresa de startup, com uma resposta ágil e sob medida para empresas de pequeno porte. E existem outras opções, a diferentes custos.

Existem soluções com custos menores, ou até mesmo sem custo algum de licenciamento em conjunto de outras, que dispõem de grandes investimentos, e a explicação disso é a existência de complexidades diferenciadas nos procedimentos e fluxos de trabalho de cada sistema organizacional. Cada negócio tem uma determinada realidade, que necessita de análise. Ainda que alguns critérios se igualem a todas, as formas de gerenciá-las têm variação de acordo com o segmento, o tamanho da empresa e perfil em que atua.

O mesmo aplica-se a todos os outros processos, de compras, gestão de pessoas, faturamento, contabilidade, atendimento ao público (CRM), e-commerce etc. A rigor, a adoção de uma solução única para todas as áreas da empresa nem sempre é o melhor caminho — embora, sim, normalmente faça sentido buscar a integração entre os sistemas de gestão.

ERP gratuito pelo MarketUp/Sebrae

Uma das alternativas é o MarketUp, produto disponibilizado pelo Sebrae em conjunto a um provedor de mercado que tornou disponível os direitos de sua resolução à instituição do sistema S brasileiro, responsável pelo apoio de pequenos e médios negócios. O endereço eletrônico Baguete reproduz a história dessa resolução, em uma pesquisa assinada por Maurício Renner, ressalta que o Sebrae busca um ERP gratuito para tornar disponível desde 2000, mas apenas em outubro de 2013 o projeto foi concedido.

O processo para selecionar a resolução promoveu o envolvimento de uma convocação pública, onde somente a MarketUp compareceu. Outras concorrências não quiserem disponibilizar os direitos de suas resoluções. Esse custo com o licenciamento é patrocinado pelo Sebrae, mas se o seu negócio necessitar de um consultor para o implemento do ERP, o serviço deve ter a contratação na empresa. No endereço eletrônico, há a possibilidade de produzir uma conta e dar início a avaliação da adoção dos módulos do sistema em seu negócio.

São 16 módulos distribuídos em bloco de vendas, bloco de compras, bloco de estoque e bloco financeiro. Ainda que o licenciamento não tenha custo algum, os direitos autorais sobre a resolução são mantidos pela provedora do software. Isso quer dizer que, mesmo que a sua empresa tenha programadores e desenvolvedores habilitados, eles não poderão modificar o sistema sem que a empresa os autorize.

Entretanto, o sistema de gestão é totalmente gratuito, sem que existam limites para vendas ou faturamentos. A base dele é a nuvem que se alimenta por formulários amigáveis, tendo assim o diferencial de auxílio da Central Sebrae, um suporte de fácil acesso que disponibiliza a interação através de chat com profissionais e analistas.

Alternativas de ERP open source

Em busca de um sistema de gestão open source? A diversas alternativas com licenciamento open-source (código aberto). O mais conhecido é o Odoo, um conjunto de sistemas que promove a inclusão de módulos que gerenciam os projetos, faturamento, financeiro, gestão de estoque, vendas e compras. Um dos grandes critérios do sistema é a comunicação e troca de estatísticas entre os módulos, disponível em qualquer solução otimizada.

A Dolibarr, por conseguinte, é destinada a pequenas e médias empresas.  Os recursos disponíveis promovem a inclusão de pedidos, notas fiscais, contratações, estoque, pagamentos e gestão eletrônica de documentação. No endereço eletrônico da solução, existem produtos que complementam as vendas, além de diversas extensões disponibilizadas.

Outro desse conjunto de licenças é o ERPNext, que se destaca pela inclusão de módulos de contabilidade, inventários, compras e vendas, e ainda o gerenciamento dos projetos. Todos os sistemas e procedimentos tem como base os formulários flexíveis que só necessitam de preenchimento pelos usuários, com a fácil utilização.

Outro produto é o Freedom ERP, do Brasil. Ele possui módulos de CRM, financeiro, gestão de serviços, de produtividade, de caixa e compras, e também promove a adoção de uma licença de código-aberto, disponibilizando fóruns para uma sociedade de usuários.

ERP gratuito é um sistema válido?

O principal benefício da pesquisa por uma solução integrada ao apoio do gerenciamento do negócio corresponde aos ganhos da produção de automação dos procedimentos. Esses softwares também promovem o auxílio da organização do negócio por disseminarem a tarefa de reorganização dos dados. Nem todas as estatísticas em planilhas Excel serão disseminadas, mas parte delas estarão submetidas a menos erros ou a perdas de arquivo ao invés de e-mail.

Utilizando as licenças abertas ou disponíveis, há a possibilidade de uma modificação no funcionamento do sistema para um melhor fluxo do negócio, intitulado de customização. Entretanto, isso depende dos procedimentos de programadores e desenvolvedores. De forma eventual, há a necessidade de contratar analistas para uma obtenção de suporte para este tipo de sistema de gestão.

Para soluções mais tradicionais, em que há o pagamento da licença e da ferramenta de suporte, é necessário que se conheça exatamente o modelo de cobrança do provedor. Há situações em que existe a possibilidade de ter o direito de utilização efetiva, com atualizações e ferramenta de suporte como serviço, à parte. Caso haja a interrupção de pagamento, o usuário pode continuar utilizando, mas por arriscando por si só. De outros modos, a licença funciona como um aluguel, com o valor de cobrança junto com taxa de manutenção e ferramenta de suporte, com direito a atualizações, sendo que a interrupção da contratação inibe o acesso do usuário.

Ao fim, é necessário que se faça contas para compreende a melhor alternativa de custo e benefícios. Pesquisar e ir atrás de auxílio de especialistas para decidir entre as soluções de sistema de gestão, é uma forma de conter gastos que possam solucionar as fronteiras da gestão da empresa.